O universo: teorias sobre sua origem e evolução.

Nossa viagem pela história do pensamento humano mostrou muitas tentativas realizadas para compreen­der a origem do universo. Essa bus­ca existiu nas diferentes civiliza­ções, em todos os tempos. Mas a for­ma de buscar essa explicação variou muito. O mito, a filosofia, a religião e a ciência procuraram dar uma resposta a questões fundamentais: o universo existiu sempre ou teve um início? Se ele teve um início, o que havia antes? Por que o universo é como é? Ele vai ter um fim?

O conhecimento atual sobre o universo está muito distante daqui­lo que era explicado pelos mitos e pela religião. Nenhum mito ou reli­gião descreveu o surgimento do sistema solar, do Sol, das galáxias ou da própria matéria. Esperaría­mos da ciência uma resposta às nos­sas dúvidas, mas ela também não tem as
respostas finais.

Por que não desistimos, sim­plesmente, de conhecer o início de tudo? Que importância pode haver em alguma coisa que talvez tenha ocorrido 20 bilhões de anos atrás?

A presença universal de uma preocupação com a origem do uni­verso mostra que esse é um ele­mento importante do pensamento humano. Possuir alguma concep­ção sobre o universo parece ser importante para que possamos
nos situar no mundo, compreender nosso papel nele. Em certo senti­do, somos um microcosmo. O as­trônomo James Jeans explicava o interesse do cientista por coisas tão distantes de nossa vida diária da seguinte maneira:

– “Ele quer explorar o universo, tanto no espaço quanto no tempo, porque ele próprio faz parte do uni­verrso, e o universo faz parte do ho­mem.”

Essa busca de uma compreen­são do universo e do próprio ho­mem ainda não terminou. De uma forma ou de outra, todos participa­mos da mesma procura. Uma pro­cura que tem acompanhado e que continuará a acompanhar todos os passos da humanidade.

MARTINS, Roberto de Andrade. O universo: teorias sobre sua origem eevolução.