Mentalidade de Vencedor

“Não há domínio ao mesmo tempo maior e mais humilde que o que exercemos sobre nós próprios.” Leonardo da Vinci.

Mentalidade do campeão

Conteúdo:

1. Introdução
2.) Consumir menos, produzir mais
3.) Apreciando o trabalho
4.) Vitimismo
5.) Sobre os perdedores
6.) Qualidade vs. Quantidade
7.) Mentalidade do perdedor – Dê-me agora!
8.) Conclusão

1. Introdução:

Você não pode se concentrar nos outros quando precisa construir-se a partir do nada.

Se você não tem disciplina não tem nada para si mesmo.

As pessoas que criam são mais interessantes do que as pessoas que não: Porque aplicam sua essência a uma forma de arte. Ao fazer isso, eles agregam valor a si mesmos, são seres humanos mais desenvolvidos e, portanto, mais interessantes.

As pessoas que não fazem nada além de consumir são pessoas básicas, a maioria dos seus interesse (e, portanto, o que eles falam) é indireto e baseado na conquista de outros.

Os perdedores vivem através de outras pessoas, os vencedores vivem através de si mesmos; Os perdedores não investem em nada, os vencedores não param de investir.

Então, como um perdedor deixa de perder? Minimiza passatempos de consumo e adquire passatempos produtivos. É realmente simples…

Vou falar genericamente para você pegar o espírito do raciocínio…

…Troque a porra dos filmes besteiróis, programas de TV lixo – por leitura, por artes marciais…

Avalie sua vida; ao analisar as atividades que você se envolve. Categorize quais atividades criam valor e quais apenas trazem gratificação superficial, mas realmente não aumentam seu valor como pessoa.

Corte/reduza as coisas na categoria de consumo e substitua essas atividades por aquelas que agregam valor real.

2.) Consuma menos, produza mais.

É engraçado, ver algumas pessoas culpar os ricos por seus problemas – é por isso que elas continuam perdendo.

Se você é pobre e não possui habilidades, valorizáveis/comercializáveis, ao invés de desperdiçar o tempo divagando sobre como os mais ricos precisam ter suas riquezas taxadas em 1%, 5%, 10% 15%… para subsidiar sua existência patética. Por que você não se responsabiliza por si mesmo e se torna mais rico?

É incrivelmente simples:

Obtenha um passatempo/hobby/habilidade, fique bom nisso, monetize-o, a medida que encontra o ponto de equilíbrio, você se encontrará com o sucesso. De repente você é o vencedor que não quer mais ser tributado, e não o perdedor que espera que o estado roube dos ricos para você.

Se você não tem seus próprios empreendimentos, você não tem tanta liberdade como alguém que o faz.

Você provavelmente não gosta do que faz também. Algumas pessoas aproveitam/gostam de seus empregos, mas isso é além do escopo deste artigo.

Você não se enriquece com um salário, você se enriquece ao ter uma ideia de negócios bem sucedida e expandi-la. Não é a única maneira de se enriquecer, mas é a maneira mais comum.

Desenvolva um passatempo produtivo, por X números de horas/dias/anos e, em seguida, monetizá-lo em um produto ou serviço, uma vez que você é competente, é como as empresas são criadas e as escapa-se da corrida dos ratos.

Se você não gastar seu tempo livre desenvolvendo uma habilidade que você pode dominar o suficiente para monetizar, você não irá iniciar um negócio e, portanto, você sempre estará massageando as bolas de outro homem para viver.

Receber um subsídio mensal/salário de outro outro homem é horrível. Quando você faz um outro homem rico, você está subavaliado e apenas uma pessoa paga você.

Quando você começa o processo de enriquecimento, você obtém o que você vale e centenas ou mesmo milhares de pessoas estão pagando você, comprando seu produto ou serviço.

O senso comum não é comum. Quando você lê as palavras nesta página, intuitivamente soará como senso comum, algo que não precisa ser dito para você fazer, pois você sabe que deveria estar fazendo.

E, no entanto, se as pessoas realmente aplicassem essa sabedoria, teríamos mais vencedores do que perdedores nesta vida.

A maioria das pessoas que vemos no dia-a-dia, indo pra lá e pra cá como um monte de formiguinhas, são perdedores. Perdedores estão em toda parte, é uma epidemia!

O que você acha que eles fazem quando chegam em casa?
Sentam-se ligam a TV, se anestesiam com bobagens. Mas acreditam que o motivo pelo qual eles estão falhando na vida é porque eles não têm sorte – patético.

Eles são perdedores porque não investem em si mesmos, é assim tão simples.

Os passatempos, onde você consome, em vez de produzir são passatempos lixo. Devem ser usados com cuidadosa moderação.

– TV? Consumindo
– Videogames? Consumindo
– Redes Sociais? Consumindo…
– …

Isso não significa nunca se divertir. Os pensadores binários básicos perdem o ponto e pensam que todo esse foco em auto-aperfeiçoamento e produtividade é defender uma personalidade chata, do tipo que nunca se diverte. Não é.

Isso significa que se você quer ser um vencedor, você tem que fazer coisas de consumo muito menos. Faça deste um hábito e um modo de vida, e você verá aumentar sua qualidade de vida e aumentar o saldo bancário. É tão simples, mas a maioria dificulta a sua realização.

Para aplicar um pouco da ideia o princípio de Pareto -80% do seu tempo deve ser gasto na produção, enquanto 20% são gastos em passatempos de consumo.

Como um bônus, quando você realmente se tornar bom com a coisa que você produz, você se divertirá fazendo isso. Isso permite que você se divirta e produza simultaneamente!

3. Apreciando o trabalho

Os perdedores sem habilidades precisam estar sempre consumindo para se divertir.

Um programador talentoso, por exemplo, tem seu próprio valor, quando ele “trabalha” em um aplicativo, ele se diverte muito, apesar do desafio que representa. Ele pode trabalhar e se divertir ao mesmo tempo, esta é a marca registrada de vencedor.

Enquanto um perdedor nunca poderia conceber a diversão inerente à produção (para um perdedor, todo trabalho é igualmente esmagador), os vencedores sabem exatamente do que estou falando – o trabalho pode ser divertido!

O trabalho deixa de ser um trabalho quando você ama o que faz e você é bom nisso. É por isso que paga dividendos na felicidade e qualidade de vida monetizar um hobby. Não vale a pena ser rico se você é muito miserável para apreciá-lo.

… Torne-se um artesão, pianista, músico, lutador, escritor, empreendedor em série, escritor ou o que for…

Quando você encontra algo que você ama absolutamente, você trabalha duro sem se sentir exausto.

Porque o seu trabalho é um hobby que você monetizou, você trabalhará com dedicação e prazer, o que significa baixo estresse, qualidade de vida e uma carteira bem alimentada.

Para as pessoas com a ética de trabalho necessária, isso é altamente alcançável.

Para os perdedores parece um mito, porque eles não podem imaginar uma vida que não consista em ser miserável.

4. Vitimismo

Para os perdedores, nada é culpa deles, eles racionalizam sua inferioridade ao mirar a culpa para aqueles de quem eles estão com ciúmes, sentem inveja, eles são patéticos.

Os perdedores são socialista e pessoas que pensam que o mundo lhes deve algo. Nada é culpa deles, tudo de ruim com elas é culpa das pessoas mais bem-sucedidas, tais essas pessoas devem ser evitadas a todo custo.

O que mantém as pessoas mais pobres é que outras pessoas pobres enchem suas mentes de merda, você deve se separar. Se você está coligado com perdedores, eles ensinam você a ser um perdedor, e não um vencedor. Você deve se separar e reprogramar-se.

Os perdedores mantém você com desinformação e todo o tipo de porcaria, então quando, por seus próprios méritos, você vence os desafios que você mesmo estabeleceu e te levaram a obtenção de uma vitória, eles tentam obter o crédito por seus sucessos. Patético!

As pessoas que o impedem de buscar realizar suas metas, são as mesmas pessoas que querem que você “lembre-se delas quando você chegar lá”. Tais pessoas são desleais, patéticas e não pertencem à sua vida.

Se você nasceu um perdedor, foi cercado por perdedores e conseguiu se sobressair, não foram perdedores que conseguiram isso, foi você. Você não lhes deve um centavo.

Os perdedores sempre tentam culpar você, instalar um sentimento de culpa em você, e se você for tolo o suficiente para comprar essa ideia, eles vão devorar os frutos da sua vitória do dia para a noite.

Eles vão queixar-se que “agora que você tá de boa ae, se esqueceu dos amigos aqui, não lembra mais da gente” “você traiu suas raízes”.

Deixe-os pensar o que quiserem suas opiniões são inúteis.
Um lobo não deve se importar com a opinião das ovelhas.

5. Sobre perdedores

Muitas pessoas ganham menos do que sentem que merecem, você sabe por quê?

Porque elas não são maquiavélicas o suficiente.

Os analfabetos em questões de poder idioticamente trabalham duro para outros durante toda a vida, então tudo o que eles têm para mostrar por seu esforço é uma montanha de dívidas. Isso é incrivelmente triste e não é a marca de uma vida bem vivida.

Se você trabalha duro, mas não com inteligência, você ainda pode estar falido. Pessoas inteligentes não apenas trabalham duro, também trabalham de forma inteligente. Elas sabem que precisam trabalhar por si só assim que puderem, e que trabalhar para outra pessoa é apenas um meio para um fim. Ao invés de simplesmente ficarem mais velhos em seu tempo livre, eles desenvolvem uma habilidade/hobby/empreendimento que possa ser monetizado.

Os perdedores procuram obstáculos (porque algo não é possível), enquanto os vencedores procuram soluções (como posso conseguir isso?).

Os perdedores têm muita raiva e frustração dentro de si, eles têm essa energia, mas não direcionam para elevar-se.

Estar com raiva não o torna respeitável, poderoso ou vencedor, se você não canalizar sua raiva corretamente você é apenas um idiota.

A raiva é uma emoção poderosa, os vencedores à canalizam para empreendimentos produtivos, os perdedores à desperdiçam.

O perdedor é uma personalidade carente, ele sempre quer ajuda, seja emocional ou financeira. Os perdedores não são auto-suficientes e nem tentam ser, são filhos perpétuos.

As mulheres são mais confortáveis sendo perdedoras do que homens, pois internalizam mais facilmente uma mentalidade de vítima, mas tal comportamento existem em ambos os sexos e não é atraente em nenhum dos dois.

Por que os perdedores continuam perdedores?
Porque uma vez que eles internalizam que eles são oprimidos e que nada é culpa deles, é mais fácil para eles culpar a realidade por suas deficiências em vez de fazer algo sobre isso.

Essa é outra coisa sobre os perdedores, eles não se movem para a dor e a luta para melhorar a si mesmos, eles se entregam ao conforto, é por isso que eles são fracos.

É mais fácil internalizar sua inferioridade e culpar tudo e todos, e não assumir responsabilidades. Reconhecer a falta de introspecção, melhoria e competição.

6. Qualidade vs Quantidade

Deseja ignorar a maioria medíocre? A maioria das pessoas está focada em quantidade, então faça o contrário e seja focado na qualidade.

Este blog está tendo seu processo de construção fundamento sobre este mantra.

Nunca escrevi um ensaio/artigo meramente por escrever, escrevo porque tenho algo a dizer. Eu realmente amo escrever e compartilhar minhas idéias, escrever não é um objetivo secundário para mim, é o objetivo principal.

Eu uso a escrita como um exemplo porque é o que eu faço, mas você pode aplicar isso a qualquer coisa.

Os perdedores preferem fazer muitas coisas medíocres e chamá-lo de sucesso, em vez de fazer uma coisa muito bem e se tornar um especialista nela. Se você perguntar a alguém “o que você é bom?” E eles não têm uma resposta, a resposta é nada. Porque é alguém que não sabe o que é bom não se obstinou o suficiente em qualquer área para se descobrir e fomentar o domínio – eles são medíocres.

7. Mentalidade do perdedor – Dê-me agora!

Se alguém está esperando uma mudança rápida e instantânea, eu já sei que são perdedores. Não é assim que a vida funciona.

8.Considerações

Eu tenho um objetivo maior do que eu – ajudar a reconstruir e resgatar a masculinidade que foi destruída e perdida em nossa sociedade.

Os vencedores possuem um objetivo maior do que eles. Você não se torna excepcional se você não pode ver além de você. Você deve ser egoísta, e você deve procurar melhorar a si mesmo, mas uma vez que você tem impulso, não se limita à ganância, tenha um objetivo maior, de preferência algo nobre, e você vai se destacar mais do que aqueles motivados unicamente pelo dinheiro.

Obrigado pela Leitura.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll Up